LUA - Os melhores revendedores do mundo estão aqui
Foto: Passo a passo: aprenda como otimizar sua gestão de tempo

Passo a passo: aprenda como otimizar sua gestão de tempo

Como muitos sabem, nossas ações diárias e hábitos definem o resultado de nossos objetivos. Quando tratamos de tempo, não é diferente. Ele se resume a nossas escolhas do dia a dia. Ou seja, se você fizer uma má gestão de tempo, não fará bom proveito desse recurso tão importante.

Apesar de, muitas vezes, parecer que somos sufocados por nossa rotina e por tantas tarefas dentro de um prazo tão curto, o segredo para a garantir o melhor resultado dos seus afazeres é simplesmente definir metas e o que é prioridade.

Para lhe ajudar com essa otimização, neste post trouxemos alguns passos que você deve seguir. Acompanhe com a gente!

Decida o que realmente é importante

Distinguir entre urgente e importante é, na verdade, algo muito simples. As coisas urgentes são as que têm um curto prazo limite. As importantes são as que realmente contribuem para os resultados que buscamos alcançar.

Nem sempre aquilo que está com um prazo menor é o que contribuirá para os melhores resultados e, nem sempre o que contribui para bons resultados é, necessariamente, urgente.

Descreva os objetivos que deseja alcançar

Para poder otimizar sua gestão de tempo, é preciso dar valor para o que realmente tem valor. Ou seja, foque apenas nas suas prioridades, naquilo que vai lhe ajudar a conquistar um objetivo maior no seu trabalho.

Tenha sempre em mente que para que você faça algo, deixará de fazer outras coisas. O tempo é um recurso muito limitado e, por isso, precisamos utilizá-lo sempre da melhor forma para nossos projetos.

Identifique quais atividades precisam ser realizadas

No começo de cada dia, liste tudo o que estiver pendente para ser realizado. Com base em uma lista fica muito mais fácil se programar e definir suas prioridades para cada um dos itens.

Outra dica bem importante é fazer essa lista a mão. Sim, sabemos que a tecnologia tem inúmeros recursos que nos ajudam a criar boas listas, mas listar tudo dessa maneira cria na sua mente um campo muito mais denso de memória, fazendo com que você se lembre mais facilmente de cada tarefa.

Decida quando quer fazer cada uma dessas atividades

Descrever tudo corretamente é muito importante, mas ser realista também. Assim, do que adianta eu planejar ir até a lua hoje, se não tenho os recursos e meios para isso? Dessa forma, na hora de criar seu plano diário, seja sempre flexível e realista consigo mesmo.

Quando se elabora uma lista exequível, isso cria um grande motivacional a mais, permitindo que você ganhe forças e ânimo para realizar mais coisas posteriormente.

Para uma boa gestão de tempo, organize bem os recursos

Uma das grandes dificuldades na gestão de tempo é que muitos simplesmente não conseguem gerir a si mesmos: não controlam seus impulsos e atitudes, não pensam de maneira estruturada sobre cada situação, não têm disciplina suficiente para cumprir seus próprios planos.

Entretanto, isso não significa que elas não consigam atingir objetivos. Na maioria das vezes, isso significará apenas que não conseguirão fazê-lo com o menor esforço e o mínimo desgaste possível.

No fim, o que podemos gerir não é o tempo, mas sim as atividades que fazemos dentro de cada faixa dele. Exatamente por isso, é indispensável saber quais atividades contribuem para nossos objetivos e, assim, dedicar-lhes mais tempo do que às restantes.

Tudo baseia-se na capacidade de análise das situações, tomando decisões assertivas.

Faça o que planejou, de forma flexível, ajustando o plano às necessidades

A todo momento precisamos decidir qual o próximo passo a ser dado. Para que essa decisão seja boa, é preciso que saibamos distinguir, nas diferentes atividades, quais são as mais relevantes.

Resista às solicitações de última hora, tentando sempre focar no que já foi planejado. Isso lhe ajudará a estar sempre conectado com seu objetivo.

A vantagem de possuir um plano global é que conseguimos responder às solicitações de última hora, já sabendo qual será o impacto dessa decisão nos demais projetos.

Busque otimizar o tempo de cada tarefa

O grande segredo para não se acumular muitas tarefas baseia-se em duas grandes competências pessoais: saber planejar corretamente e ter disciplina para realizar o que foi planejado.

Infelizmente, a maior parte das pessoas não sabe planejar. Acham que isso é simplesmente decidir quando fazer cada coisa e dividi-las pela agenda. Depois, quando chega o dia e não conseguem executar, chegam a conclusão de que “planejar não dá resultados e não vale a pena fazer isso”. A verdade é que, se não soubermos planejar, isso realmente nunca dará resultados satisfatórios.

Também há aqueles que até conseguem fazer um bom planejamento, porém não têm disciplina necessária para executar tudo dentro do prazo. Assim, por descaso, deixam tudo para a última hora, pois sentem que só conseguem executar quando estão sob pressão. Depois se queixam de terem muitas urgências.

Foque no que é prioritário

Apesar de que a maior parte das tarefas que são urgentes poderiam ter sido planejadas com antecedência, evitando terem de ser feitas em cima da hora ou de qualquer jeito, a verdade é que há outras que simplesmente acontecem e que exigem de nós uma resposta imediata.

Por exemplo, quando uma oportunidade de emprego, ou de vida, surge precisamos decidir naquele momento se a vamos aproveitar. Não tem como dizer: parece legal, daqui uns 6 meses vou mexer com isso. Não faz sentido.

Dessa forma, sempre que possível, reserve uma margem de tempo para possíveis imprevistos.

Faça periodicamente uma autoavaliação

Por fim, periodicamente, faça uma autoavaliação e procure identificar pontos que ainda podem ser melhorados na sua gestão de tempo.

Para pessoas que não costumam trabalhar com uma agenda mais rígida, realmente é difícil se adaptar a esse sistema logo de início, por isso, é normal que adaptações precisem ser feitas até que se alcance uma forma ideal para seu estilo de vida e de trabalho.

Aos poucos, sem dúvidas, seu planejamento estará totalmente automatizado na sua rotina e suas tarefas muito mais otimizadas, sendo realizadas em períodos muito menores do que antigamente.

Gostou deste post? Ficou alguma dúvida ou identificou alguma questão sobre gestão de tempo que não mencionamos? Entre em contato!