LUA - Os melhores revendedores do mundo estão aqui
Foto: Guia prático: aprenda como abrir uma loja virtual

Guia prático: aprenda como abrir uma loja virtual

Abrir uma loja virtual é uma excelente maneira de ganhar aquele dinheiro extra tão importante para complementar a renda. O melhor de tudo é que, com essa opção, você não precisa sair de casa nem se ver obrigado a escolher entre o novo empreendimento e o seu trabalho atual.

Para você ter uma ideia do potencial desse tipo de negócio, em 2015 o setor de e-commerce faturou R$ 41,3 bilhões em vendas e apresentou um crescimento de 15% em relação ao ano anterior, de acordo com dados do relatório WebShoppers.

Ou seja, mesmo com a crise econômica que enfrentamos, as pessoas continuam comprando pela internet. Esse é um setor que está em pleno crescimento e apresenta grandes oportunidades para o surgimento de novas lojas e marcas.

No entanto, fazer sucesso no universo de vendas virtuais não é uma tarefa que vai acontecer da noite para o dia. É preciso conhecer a fundo as ferramentas disponíveis, focar em uma área de atuação que faça sentido para você, criar uma loja atrativa e divulgar os produtos da maneira correta.

Quer saber mais sobre como abrir uma loja virtual e conquistar o sucesso? Então, não deixe de ler as dicas que criamos especialmente para você!

Defina sua área de atuação

Ao contrário do que possa parecer, tentar atuar em diferentes áreas e vender para todos os públicos não é a melhor forma de conseguir sucesso ao abrir uma loja virtual.

Focar em segmentos pouco explorados, trabalhando bem a comunicação e a oferta de produtos, de modo a atender necessidades específicas, por outro lado, é uma excelente maneira de se consolidar no mercado e conseguir a relevância necessária para se destacar e crescer.

Foque para se destacar

Existem grandes lojas virtuais que estão há anos consolidadas no mercado e nas quais os clientes conseguem encontrar uma grande variedade de produtos, além de condições de pagamento e entrega bastante atrativas.

Tentar disputar com essas gigantes do mercado só fará com que você fique frustrado e comece a duvidar do seu potencial.

Por isso, o mais sábio a se fazer é definir uma parcela específica da população que tenha uma necessidade que não é atendida atualmente. Com isso, você consegue agregar muito mais valor aos produtos e direcionar estratégias de comunicação que serão altamente efetivas.

Uma boa saída também pode ser criar um mercado que ainda não existe. Pense em problemas que um grupo de pessoas pode estar enfrentando justamente por não encontrar uma solução. Depois, analise como você pode aproveitar essa brecha para criar uma loja virtual exclusiva e com grande valor agregado.

Crie personas para a sua loja

Você já ouviu falar em personas? Essa pode ser uma ferramenta de grande ajuda para você definir a atuação da sua loja virtual.

Uma persona nada mais é do que um perfil “faz de conta” dos clientes ideais do seu negócio. Imagine, por exemplo, que você pretenda atender mulheres grávidas com a venda de artigos para cuidar do corpo nesse momento tão especial da vida.

Definir o seu público apenas como “mulheres grávidas” não é suficiente para escolher os melhores produtos, personalizar a sua loja e, muito menos, se comunicar e enfatizar os benefícios e diferenciais que você está oferecendo.

Com as personas, por outro lado, você consegue levantar informações valiosas a respeito de quem são e o que buscam os seus clientes, facilitando no momento de traçar as estratégias e divulgar a sua loja.

Vamos a um exemplo prático do que seria uma persona para que você visualize melhor:

Vivi tem 35 anos e está grávida de 4 meses de seu primeiro filho. Ela leva uma vida saudável e sempre foi muito preocupada com a alimentação e os cuidados com o seu bem estar. É vaidosa, mas prioriza produtos naturais e que não ofereçam riscos ao bebê.

Percebeu como a persona traz informações muito mais específicas a respeito do seu cliente? Com elas, você consegue detalhar quem são, o que pensam e o que buscam os seus clientes, dados valiosos para ajudar na construção da sua loja e seleção dos produtos.

Pesquise muito

Antes de tomar qualquer decisão, é fundamental que você faça uma pesquisa detalhada sobre os segmentos em que pretende atuar e identifique informações como crescimento do setor, potencial de consumo dos clientes e concorrentes.

Esse tipo de estudo trará muito mais embasamento para que você tome uma decisão e escolha uma área de atuação com real potencial de trazer retorno.

Além disso, a fase de pesquisas é excelente para trazer insights e observar o que as lojas virtuais já fazem no mercado, facilitando o surgimento de ideais para agregar ainda mais diferenciais para o seu negócio.

Crie um bom planejamento estratégico

O planejamento estratégico é a base de qualquer negócio; afinal, é ele que vai orientar os rumos da sua loja e também as ações e cronogramas que precisam ser implementados para que o resultado desejado seja obtido.

Por que o planejamento estratégico importa

Empreender e abrir uma loja virtual no impulso é a receita para que o negócio não dê certo. Quando os objetivos, prazos, responsáveis e ações que precisam ser tomadas não estão claros, a tendência é que tudo se perca e você não consiga dar conta de fazer uma gestão eficaz da loja.

O planejamento estratégico é aquele momento de colocar todas as ideias no papel e analisar se elas fazem sentido e como todas elas estão interligadas. Também é nesse momento que você deve definir onde quer chegar e determinar o que precisa ser feito para isso.

Outro ponto fundamental aqui é levantar custos e analisar se o projeto de abrir uma loja virtual está dentro do seu orçamento ou se será necessário priorizar ações e, até mesmo, procurar um sócio ou investidor.

Em resumo, o planejamento estratégico pode ser o grande responsável pelo sucesso ou fracasso do seu negócio. Por isso, encare essa etapa com toda a importância que ela tem para o seu futuro e não como apenas mais uma “burocracia” que você precisa cumprir.

Como montar o seu planejamento estratégico

Agora que você já está convencido de que a sua loja virtual dificilmente terá sucesso sem um planejamento estratégico bem estruturado e coerente, chegou o momento de tirar as ideias da mente e começar a organizar o seu negócio.

A seguir, vamos listar todos os itens importantes para compor um planejamento estratégico e te ajudar nessa tarefa essencial:

Analise o mercado

O primeiro passo nesse momento é levantar os dados sobre o mercado que você pretende atuar e compilá-los no seu planejamento. Com isso, você terá uma visão muito mais realista do potencial da sua loja e conseguirá prever melhor o crescimento e a demanda pelos produtos.

Não deixe de analisar a fundo também os concorrentes para que você consiga detectar brechas no mercado e transformá-las em oportunidades. Dessa forma, se uma das atuais lojas tem um atendimento ao cliente ruim, por exemplo, você pode pensar em focar a atuação do seu negócio nesse ponto.

Para a análise do mercado você pode consultar sites especializados ou pesquisas de mercado e até mesmo conversar com pessoas próximas e outros empreendedores. Informação nunca é demais e nunca sabemos de onde pode vir uma boa ideia!

Defina objetivos

Um negócio sem objetivos claros fica perdido e dificilmente terá algum sucesso — inclusive porque, sem saber onde se quer chegar, não é possível definir o que pode e o que não pode ser considerado como sucesso. Já ouviu falar que para quem não sabe aonde vai, qualquer lugar serve?

Outro ponto importante é que são os objetivos que norteiam o restante do planejamento, uma vez que cada um deles pode demandar ações e estratégias diferentes.

Definir objetivos, no entanto, pode ser uma tarefa muito mais complexa do que parece, já que não podemos nem colocar metas irreais e nem fáceis demais para a nossa loja.

Pense em onde você quer chegar daqui 1, 5 e 10 anos e, a partir daí, liste quais são os indicadores que apontam que o caminho adotado está levando a sua loja na direção certa.

Lembre-se também de que os objetivos precisam ser mensuráveis e ter um prazo claro para serem alcançados. Também determine indicadores de performance para cada um, ou seja, sinais de que está tudo correndo conforme o previsto.

Foque nas personas

Mais um conceito que ensinamos no tópico anterior e que será fundamental para o planejamento estratégico da sua loja virtual: as personas.

Saber exatamente com quem você deseja se comunicar fará com que as estratégias sejam muito mais efetivas e você consiga agregar valores e diferenciais para a sua loja.

Definir as personas também influencia nos meios de divulgação e linguagem que serão utilizados para vender os produtos. Ou seja, se a sua persona é mais jovem, você deverá se comunicar de uma determinada forma e por meio de canais específicos. Já se a sua persona é mais velha e séria, as estratégias serão completamente diferentes.

Escolha a plataforma de vendas

Uma loja virtual precisa estar inserida em algum lugar. Então, chegou o momento de escolher qual o melhor canal para divulgar os produtos e vender.

Existem diversas opções no mercado para quem deseja se aventurar no universo das vendas on-line, que vão desde as plataformas mais robustas até aquelas pensadas em pessoas que estão começando agora e contam com uma estrutura reduzida.

Para você ter uma ideia, já existem opções de aplicativos prontos em que basta você criar a sua vitrine e divulgar a loja para amigos e conhecidos sem precisar sequer ter um estoque de produtos.

Esse tipo de plataforma é excelente para quem quer empreender com uma loja virtual e não conta com os altos recursos necessários para montar toda a estrutura do zero.

Divulgue, divulgue e divulgue

Não é à toa que dizem que a propaganda é a alma do negócio: de nada ainda ter uma loja virtual incrível se ninguém souber que ela existe!

Como você já sabe exatamente quem são as personas do seu negócio, ficará muito mais fácil escolher os canais de divulgação e o tom da comunicação que será usado.

Uma ótima dica para esse momento do planejamento estratégico é apostar em todo o potencial das redes sociais. Crie páginas para a sua loja nas redes em que as suas personas estejam e atualize-as constantemente para falar sobre as novidades e promoções.

O conteúdo dessas páginas também pode ser usado para posicionar sua loja como referência no segmento de atuação.

Para isso, pense em maneiras de oferecer dicas e informações que ajudem as suas personas a resolver problemas e sanar dúvidas. E não se esqueça, claro, de manter uma comunicação próxima e transparente com os clientes.

Encontre aliados

Estabelecer parcerias com as pessoas certas pode fazer toda a diferença para alcançar os objetivos e conquistar o sucesso com a sua loja virtual.

Se você deseja focar no segmento de beleza, por exemplo, que tal tentar se aproximar de influenciadoras da área? Seja oferecendo produtos para que elas testem ou gerando conteúdo que as ajudem de alguma maneira, tentar se aproximar das pessoas certas pode ajudar a impulsionar a divulgação do negócio.

Com as personas em mente, defina quem seriam os contatos interessantes para a sua loja e tente uma aproximação. Mas tome cuidado para não “forçar a barra” e acabar queimando o nome da loja e afastando essas potenciais influenciadoras.

Acompanhe os resultados

Chegamos ao momento final do planejamento estratégico da sua loja virtual. No entanto, apesar de ser o último ponto, essa é uma atividade constante e de extrema importância para o sucesso do seu negócio.

Acompanhar os resultados com frequência ajudará a entender os rumos que a sua loja está tomando e o quão distante ou próxima ela está de atingir os objetivos.

Essa etapa também ajuda a identificar oportunidades e tomar decisões rápidas, além de permitir descontinuar ou intensificar ações para que você consiga otimizar os esforços e, dessa forma, ir ainda mais longe.

A definição dos indicadores de performance vai ajudar bastante a analisar os resultados, uma vez que eles permitem focar a atenção para os dados que realmente importam. Assim, você evita perder tempo tentando analisar milhares de informações que não vão acrescentar em nada para o seu negócio.

Personalize a sua loja

A maneira como você organiza a vitrine e os elementos visuais da sua loja virtual também influencia muito nas vendas e no sucesso do negócio.

É só tentar lembrar das suas lojas físicas favoritas que você começará a notar que alguns itens específicos sempre estão em destaque ou em locais que estejam mais à vista do cliente.

Isso não é à toa: a configuração da loja é uma poderosa ferramenta de vendas, tanto no universo físico quanto no virtual. Saiba como usá-la a seu favor:

A vitrine é o cartão de visitas

Pense na vitrine da sua loja como um cartão de visitas: você precisa passar a mensagem certa e despertar o desejo dos potenciais clientes em poucos segundos. Isso significa que a sua vitrine precisa ser constantemente atualizada para apresentar os produtos mais vendidos, as melhores ofertas ou as novidades mais quentes logo de cara.

Encare os 3 ou 5 primeiros produtos como os definidores para que o cliente queira ou não continuar navegando pela a sua loja.

Para isso, não deixe de ter em mente as personas e todo o estudo de mercado realizado na etapa de planejamento. Assim, ficará muito mais fácil de identificar quais os produtos que tem o poder de seduzir as pessoas e incentivar mais vendas.

Conte uma história

É isso mesmo! Contar uma história com a sua loja virtual faz com que as pessoas se identifiquem com o negócio e consumam mais.

O grande objetivo aqui é criar uma experiência única e mostrar para os clientes que você oferece algo que mais ninguém consegue copiar no mercado.

É possível conseguir esse tipo de percepção de diversas maneiras. Você pode, por exemplo, pensar em uma forma única de divulgar os produtos e interagir com os clientes, como uma abordagem mais pessoal ou altamente personalizada.

Ainda é possível selecionar produtos que atendam às necessidades específicas dos seus clientes ou, até mesmo, pedir sugestões para melhorar a loja e o atendimento.

Independentemente da estratégia escolhida, não deixe de definir qual a mensagem que você deseja passar e transformá-la em uma história que deverá ser contada em todos os momentos, desde a criação da vitrine até a entrega e relacionamento pós-compra com os clientes.

Pense na experiência do cliente

Em uma loja virtual, o excesso de informações pode ser altamente prejudicial.

Imagine que você está procurando por uma informação ou produto específicos e, ao entrar em um site, demora mais de 10 minutos para conseguir encontrar o que quer. Com certeza, você vai acabar desistindo e focando a sua atenção em outra atividade.

Quando falamos de uma loja virtual, a lógica é basicamente a mesma. Então, é preciso acompanhar constantemente a resposta dos clientes e a evolução das vendas para que você consiga destacar exatamente o que as pessoas estão procurando.

A navegação e a disposição dos produtos e das ofertas devem ser feitas de maneira que eles estejam bem visíveis e sejam facilmente identificáveis. Quanto mais objetiva e direta for a mensagem que você deseja passar, mais fácil será de os clientes compreenderem.

O conteúdo e o visual também contam

As fotos dos produtos e o tipo de informação disponível sobre os usos e benefícios de cada um deles também contam muitos pontos e podem ser fatores determinantes para que um cliente compre ou não na sua loja.

Assim como estabelecimentos escuros, bagunçados e sujos nos passam uma má impressão de qualidade e segurança, a sua loja virtual também precisa estar bem apresentável.

Analise a foto de cada produto e veja se ela apresenta todos os detalhes importantes a respeito daquele item. Se uma característica única faz a diferença na decisão de compras, por exemplo, o ideal é exibir uma foto que enfatize esse aspecto.

O conteúdo de cada produto também é fundamental. Descritivos completos e que ajudem o cliente a tomar a decisão de compra também colaboram para que a sua loja tenha uma visibilidade maior e atraia mais pessoas.

Não fique parado

A internet é um meio muito dinâmico e que exige movimentação e reinvenção constantes. Isso quer dizer que você dificilmente conseguirá crescer se criar uma vitrine e a mantiver igual por muitos meses.

Apresentar novidades, fazer promoções e mudar a disposição dos produtos na loja também faz parte das estratégias para manter os clientes interessados e voltando para realizar novas compras. Por isso, é fundamental que você não se acomode e pense em maneiras de sempre trazer algo de novo para não ficar para trás da concorrência.

Abrir uma loja virtual é uma excelente forma de complementar a renda e caminhar em direção ao sonho da independência financeira.

No entanto, esse é um projeto que necessita de muito preparo e conhecimento do mercado em que se pretende atuar. Seguindo os passos que mencionamos aqui, você conseguirá alcançar o sucesso e transformar sua loja virtual em uma grande potência de vendas.

Não deixe de montar um planejamento estratégico baseado em dados e no profundo conhecimento das personas que você deseja impactar. É ele que vai nortear todas as ações da sua loja, incluindo a personalização dos produtos a serem vendidos, as estratégias e os canais de divulgação a serem trabalhos para posicionar o seu negócio com destaque no mercado.

Lembre-se também de acompanhar constantemente os resultados e avaliar o que está dando certo e o que precisa ser repensado. Dessa forma, você conseguirá detectar brechas e transformá-las em oportunidades, além de otimizar ainda mais as vendas.

Por fim, pesquise no mercado as melhores opções de plataformas ou aplicativos para montar uma loja virtual que estejam de acordo com os recursos que você tiver para investir e que apresentem ferramentas que ajudem a impulsionar o seu negócio.

Quer ajuda nessa tarefa tão importante? Então, não deixe de entrar em contato com a gente para conhecer melhor o nosso aplicativo e abrir uma loja virtual de sucesso!