LUA - Os melhores revendedores do mundo estão aqui
Foto: Como uma loja virtual pode ser mais segura e passar confiança?

Como uma loja virtual pode ser mais segura e passar confiança?

Para ter sucesso no universo do e-commerce é preciso pensar além da oferta de produtos diferenciados e de qualidade. O fator determinante para as compras, e que muitas vezes supera as facilidades de entrega e os preços competitivos, é ter uma loja virtual segura.

Gerar confiança e credibilidade no consumidor é o que o leva a concretizar a compra em um e-commerce.

Pensando nisso, elaboramos este post para orientar você no quesito segurança. Desde o que você deve saber em relação à sua importância ao que é preciso fazer para que a loja virtual (independentemente do porte) esteja mais segura, valorizando a marca e conquistando mais clientes. Confira!

Quais os procedimentos de segurança mais utilizados no e-commerce para garantir uma loja virtual segura?

Alguns procedimentos são considerados pré-requisitos para o funcionamento de um e-commerce. Os consumidores de hoje estão mais atentos. Portanto, se a loja virtual não apresentar o mínimo de segurança, possivelmente os itens serão abandonados no carrinho, já quase na etapa final da jornada de compras do cliente.

Apresente as informações oficiais da loja

É uma exigência legal deixar as informações do seu e-commerce visíveis para os usuários. Foi determinado pelo Decreto Federal nº 7962, sancionado em 2013, que as lojas virtuais devem exibir em seus sites dados como: CNPJ, razão social, endereço e telefone para contato.

Para oferecer mais seriedade e transparência, também é obrigatório exibir informações a respeito das formas de pagamento, prazos de entrega e condições de troca. Tudo isso conta bastante no momento de decisão de compra do consumidor.

Exiba um bom detalhamento dos produtos

Outro ponto que também é obrigatório por lei é fornecer as informações completas a respeito dos produtos que se encontram na loja. Exibi-los não é fundamental somente por ser estipulado pela lei.

Com o acesso àqueles dados, as dúvidas do cliente são esclarecidas mais facilmente. E isso poderá ser altamente relevante para convencer o cliente de que está levando para casa o produto certo e de que precisa.

A composição deve ser descrita, assim como o tamanho ou dimensões, cores e adicionais inclusos. Além disso, um bom título e fotos de qualidade são fundamentais para atrair o consumidor. Não esqueça também das informações de garantia, da loja ou do fornecedor.

Para superar as expectativas, invista em tabelas de tamanhos, vídeos ou recomendações de outros consumidores. Isso evidencia a qualidade e a veracidade das informações e dos produtos expostos na loja virtual.

Tenha selos de garantia

Selos de empresa que garantem a qualidade e o atendimento com excelência fazem a diferença na sua loja virtual. A base dessa qualificação está na forma como o e-commerce soluciona os problemas e as reclamações dos consumidores.

Empresas especializadas em acompanhar o comportamento do consumidor certificam as lojas virtuais de acordo com as recomendações que os clientes anteriores fazem. É interessante pesquisar quais delas podem ajudar o seu e-commerce.

Forneça diversas formas de pagamento

Facilitar as formas de pagamento é uma maneira incrível de a loja virtual demonstrar estrutura suficiente e ampliar as chances de concretizar vendas. Quanto mais formas de pagamento forem oferecidas, mais fácil será aumentar as vendas do empreendimento online. Porque o cliente poderá escolher aquela que mais se adapta ao seu momento ou situação.

É essencial que as formas de pagamento mais utilizadas no mercado, como pagamento via boleto e cartões de crédito (com as principais bandeiras), estejam à disposição dos clientes.

Ofereça suporte online

Muito além de formas de contato, o suporte online garante que possíveis dúvidas sejam sanadas, e o cliente se sentirá mais próximo da marca. O suporte é uma forma de agregar valor ao seu e-commerce, pois o cliente será bem acolhido, com a possibilidade de atendimento em tempo real.

Não é necessário que o suporte seja 24 h. Funcionar no horário comercial será suficiente. Se possível, deixe essas informações bastante visíveis: assim, o cliente não sofre aborrecimentos pela demora nas respostas.

Trata-se de uma forma de dar voz e valorizar o consumidor, aproveitando canais eficientes de comunicação.

Aposte no design como diferencial

Uma loja virtual bem desenvolvida se destaca das demais. O design pode impactar os usuários positivamente no momento do acesso, e isso influencia sim na segurança. Um site mal elaborado sugere desleixo e transmite a impressão de um ambiente pouco profissional e desprotegido.

É interessante investir em customização, em vez de usar templates padrão. Um ambiente personalizado enfatiza o valor do e-commerce.

Além disso, escolha plataformas adequadas para garantir um bom alicerce para a sua loja. Garanta os acessos e também a facilidade de navegação.

Como proteger os dados da empresa e as informações dos clientes no seu e-commerce?

Uma das maiores preocupações no momento da compra está no preenchimento dos dados. Números de cartões de créditos e senhas de segurança devem ser protegidos. Essa iniciativa valida as boas práticas do e-commerce. Veja algumas dicas para proteger dados:

Considere os certificados de segurança

Os certificados de segurança são primordiais para oferecer maior credibilidade ao usuário. Lidar com dados pessoais e bancários do cliente é coisa séria. Portanto, é fundamental que ele saiba que esses elementos estão protegidos ao realizar uma compra no seu e-commerce.

O Certificado Digital SSL adiciona o ícone de um cadeado e o protocolo HTTPS antes da URL da sua loja virtual. Assim, os dados que o cliente insere no momento da compra são criptografados. Isso significa que usuários não autorizados não terão acesso à leitura daqueles dados.

Dessa forma, a sua loja garante a autenticação e verificação de propriedade do site, provendo um ambiente seguro.

Utilize os serviços de blindagem de sites

Esse serviço verifica a vulnerabilidade da sua loja virtual e aponta as necessidades de correção. Quando essas alterações são feitas, o e-commerce poderá exibir o selo de “Site Blindado”.

Essa verificação é contínua. Logo, a loja só poderá continuar exibindo o selo se nada comprometer a sua segurança. O cliente poderá checar a veracidade do selo em um site específico sobre o assunto.

Reduza as chances de fraude

Os sistemas antifraude utilizam técnicas de inteligência artificial, como as redes neurais. Assim, examinam as informações para autorizar ou não a compra de um usuário no e-commerce. Isso ajuda a reduzir as fraudes durante as transações financeiras e evita que a loja tenha prejuízos.

Se o cliente se sente protegido no seu e-commerce, as chances de compra aumentam. Além disso, a reputação da sua loja se mantém positiva, atraindo outros consumidores. Por isso, é tão importante dar atenção às práticas necessárias para manter a sua loja virtual segura.

Se você gostou das dicas do post, entre em contato com a Lua e conheça uma nova maneira de ter sua loja virtual!