LUA - Os melhores revendedores do mundo estão aqui
Foto: Como fazer a entrega de produtos vendidos online? Aprenda!

Como fazer a entrega de produtos vendidos online? Aprenda!

A entrega de produtos para quem trabalha com vendas online é um ponto muito importante a ser levado em conta e que não pode ser deixado de lado ou realizado de qualquer jeito.

Isso porque em uma venda virtual o consumidor já não tem um contato tão direto com o vendedor e com a loja. Portanto, prestar atenção em cada detalhe da entrega é aproveitar mais uma oportunidade de encantar o cliente.

Você trabalha com venda direta ou revenda de produtos online e quer saber tudo sobre como fazer a entrega deles? Continue lendo este post e confira nossas dicas!

Como embalar e preparar o produto para a entrega?

A primeira questão a se preocupar na hora de enviar o seu produto para o cliente é com a embalagem. Muitas coisas devem ser levadas em consideração neste momento e não apenas o design da embalagem, apesar de também ser importante.

Confira abaixo algumas dicas para escolher a embalagem mais adequada para a sua mercadoria!

Verifique as características físicas do produto

Antes de mais nada você precisa verificar quais são as características físicas dos produtos que vende, para adquirir as embalagens corretas para o envio de cada um deles.

Veja se seus produtos podem quebrar, arranhar, amassar ou sofrer alguma avaria durante o transporte, e em caso positivo, busque a alternativa com o melhor custo x benefício para protegê-lo.

Proteja o produto

Diversos materiais, como plástico bolha, placas de isopor, papel fragmentado, almofadas de ar, caixas de papelão com divisórias, papel kraft, dentre outros, servem para preservar a integridade física do produto e até de quem o transporta, quando se trata de objetos pontiagudos, cortantes ou inflamáveis.

Por isso, não deixe de se informar quanto a melhor forma de enviar a sua mercadoria com segurança, já que durante o transporte ela vai passar por inúmeras pessoas e processos que podem não ter tanto cuidado no manuseio.

Caso o seu produto não corra o risco de quebrar, mas possa chegar amassado, como é o exemplo de uma peça de roupa, tome alguns cuidados adicionais. Você pode enrolar a peça com duas folhas de papel de seda e garantir que ela chegará impecável ao consumidor!

Use a criatividade

Usar a criatividade é uma excelente forma de entregar seu produto de um jeito personalizado e mostrar ao consumidor que a sua loja pensa em todos os detalhes. Porém, neste momento é necessário tomar cuidado com os custos, já que a prioridade sempre será a qualidade do produto e a agilidade do atendimento e entrega.

Portanto, procure opções viáveis para customizar a embalagem do seu produto de acordo com a identidade de seu negócio, conferindo um aspecto original a ela. Você pode usar adesivos, carimbos, materiais com as cores da empresa, tags personalizadas e muito mais.

Pensar na personalização da sua embalagem também pode ser uma vantagem competitiva, visto que muitos consumidores hoje em dia têm o hábito de fotografar ou gravar as encomendas que chegam e postá-las em suas redes sociais — o que também pode aumentar a visibilidade do seu negócio. Se a embalagem for bonita então, é mais um motivo para que o público queira compartilhar. Aproveite essa oportunidade!

Fique atento às regras

Caso você opte por enviar os produtos de sua loja virtual pelos Correios, é importante saber que existe uma série de regras a serem seguidas, além dos limites de peso e tamanho.

O limite de peso da encomenda por meio das modalidades mais comuns de entrega dos Correios é de 30 kg e com a soma das dimensões atingindo o tamanho máximo de 200 cm. Porém, existem outras opções que devem ser consultadas e avaliadas, de acordo com suas necessidades.

Transportadora ou Correios: como escolher?

Se você está iniciando no universo do e-commerce, provavelmente a dúvida na hora de escolher entregar seus produtos por meio dos Correios ou optar por uma transportadora deve estar tirando seu sono, não é?

Mas saiba que essa opção vai depender muito das características do produto que você trabalha e as facilidades de entrega que pretende oferecer aos seus consumidores. Conheça melhor as duas opções de entrega mais comuns e faça a escolha certa!

Correios

Utilizar os serviços dos Correios é a forma mais prática de fazer a entrega de suas mercadorias, pois ele oferece diversas facilidades como a integração do sistema dos Correios ao seu e-commerce, o que permite que o cálculo do frete seja feito automaticamente na hora que o cliente efetuar o pedido.

Além disso, existe também a possibilidade de serem feitos contratos comerciais com os Correios, em que é possível conseguir descontos em fretes, dependendo do volume de vendas e envios de sua loja virtual.

Porém, os pontos negativos dos Correios são a restrição a certos tipos de conteúdos, os limites de peso e tamanho e a sobrecarga de envios nas datas sazonais, acarretando em demora nas entregas.

Transportadora

As transportadoras são excelentes opções para quem precisa enviar mercadorias mais robustas, como bicicletas e móveis, por exemplo.

Contar com os serviços de uma transportadora também oferece a vantagem de uma entrega mais ágil, já que sua mercadoria vai passar por menos etapas referentes à logística e distribuição.

Os pontos negativos das transportadoras são a falta de um sistema que permita o cálculo automático do frete e o valor mais elevado, comparado aos Correios. Porém, também é possível a realização de acordos que, conforme a demanda da sua loja, podem baratear os custos das entregas.

Como calcular o frete?

Contar com um sistema eficiente de cálculo de frete em seu e-commerce é muito importante para evitar os abandonos de carrinho ou problemas posteriores, devido a mudanças nos valores de entrega.

Por esse motivo, o ideal é que você utilize o sistema integrado oferecido pelos Correios ou até mesmo pela transportadora que você decidir trabalhar. Neste caso, pode ser necessário um maior investimento no desenvolvimento do sistema de seu e-commerce.

Mesmo contando com um sistema de cálculo de fretes integrado, é importante saber como esse cálculo funciona. Confira as principais dúvidas abaixo!

É preciso contrato para fazer envios pelo Correios?

O mais interessante para a sua loja virtual é ter um contrato com os Correios para que sejam conseguidos melhores preços nos envios. Porém, esse tipo de contrato não é obrigatório, e você pode enviar seus produtos pagando o valor tradicional do serviço.

Como calcular o peso e a dimensão?

O frete é calculado pelo peso cúbico da mercadoria a ser postada. Ou seja, é feito um cálculo que une o peso e o espaço que será ocupado pelo objeto, para chegar ao valor da postagem.

Veja a fórmula pela qual o peso cúbico é calculado, de acordo com as informações obtidas no site dos Correios:

(C x L x A) / 6.000*

Onde:

A = Altura do objeto (em centímetros)

L = Largura do objeto (em centímetros)

C = Comprimento do objeto (em centímetros)

6.000 = coeficiente resultante da relação entre peso e volume mais adequada e comercialmente justa à cubagem de aeronaves, conforme recomendado pela IATA, entidade internacional que congrega as empresas aéreas.

O resultado será o peso cúbico da encomenda.

Se o peso cúbico da encomenda for menor ou igual a 10 kg, será atribuído o peso físico (ou real). Para encomendas com peso cúbico maior que 10 kg, valerá o maior resultado após a comparação dos resultados entre o peso físico (kg) e o peso cúbico (C x L x A) / 6.000.

Então, sendo um pacote de 5,5 kg de peso físico, com as dimensões 70 x 60 x 10 / 6.000 que resultam um peso cúbico de 7 kg, o peso considerado para precificação será o físico, de 5,5 kg. Para o caso do peso cúbico ultrapassar o limite de 30 kg será cobrado valor adicional.

Previsão de tempo para a entrega: como funciona?

A previsão de entrega também é calculada automaticamente pela plataforma dos Correios e, se integrada ao seu sistema, seu cliente terá acesso imediato a ela, podendo escolher ou não fazer a compra.

No caso de a entrega ser feita por uma transportadora, alguns pontos devem ser alinhados antes, como a urgência dos pedidos, a disponibilidade e a frequência das entregas.

Quais são as formas de entrega dos Correios posso usar no meu site?

Os Correios oferecem diversas opções de postagem, dependendo da urgência da entrega do objeto e o seu cliente pode escolher a melhor opção para ele. Confira as principais!

Sedex

O Sedex é um serviço de entrega expressa, válido em todo o país. Com ele, podem ser enviados objetos de até 30 kg, que serão entregues em até 5 dias úteis.

São feitas três tentativas de entrega e caso o destinatário ou alguém autorizado por ele não se encontrem no local, o produto irá para a agência dos Correios mais próxima, onde permanece pelo prazo de sete dias corridos, aguardando sua retirada.

Se não retirado após esse período, o objeto retorna ao remetente, neste caso, a loja virtual.

PAC

PAC é um serviço econômico de entrega de mercadorias, com cobertura nacional e que realiza as entregas em horário comercial, nos dias úteis. Ele opera com um limite de 30 kg para remessas entregues em âmbito nacional e 50 kg em remessas para o mesmo estado.

Os produtos enviados via PAC terão duas tentativas de entrega, uma em cada dia e, se não recebidos, serão encaminhados para uma agência dos Correios mais próxima, onde aguardarão a retirada do destinatário pelo prazo de sete dias corridos.

Sedex 10

O Sedex 10 é um serviço para quem deseja que sua encomenda seja entregue até as 10 h do próximo dia útil. Porém, é necessário consultar antes se ele atende a localidade do destinatário, já que não está disponível em todos os lugares.

Em dias de semana, são feitas três tentativas de entrega, sendo a primeira até as 10 h do dia útil seguinte ao dia da postagem, a segunda ainda no mesmo dia e a terceira, até as 10 h do dia útil seguinte.

Já aos sábados a segunda e terceira tentativa ocorrem no dia útil seguinte à primeira tentativa. Caso ocorra atrasos na entrega, o valor da postagem é devolvido integralmente.

Entregas alternativas: quais são as opções?

Correios e transportadoras não são as únicas formas de entregar as mercadorias vendidas ou revendidas pela sua loja virtual. Abaixo damos mais alguns exemplos!

Motoboy

Se a sua loja ainda têm um baixo volume de vendas ou trabalha com uma abrangência local, contar com os serviços de um motoboy pode ser uma maneira prática e rápida de realizar a entrega das suas encomendas. Para isso, você pode contratar um motoboy fixo, acionar alguma empresa de motoboys ou ainda solicitar esse serviço em aplicativos com essa finalidade.

Veículo próprio

Você também pode realizar as entregas dos produtos com um veículo próprio, caso sua loja atenda apenas o público de sua cidade e essas entregas podem ser feitas por você ou por outra pessoa contratada.

Porém, lembre-se de fazer as contas de todos os custos que envolvem esse serviço, como a gasolina, manutenção do carro e a remuneração do entregador, para não sair no prejuízo.

App Lua

Se você optar por fazer a revenda de produtos por meio do aplicativo Lua, poderá contar com duas modalidades de entrega: pessoalmente ou com o envio realizado pela Lua.

Se escolher entregar pessoalmente, a Lua enviará o pedido a você e, depois fica a seu critério combinar a melhor forma de fazer a entrega direta ao cliente.

Já se você escolher a entrega feita pela Lua, não precisará se preocupar com a logística do processo. O cliente fará o pagamento do frete durante a compra e a Lua será responsável pelo envio dos produtos diretamente para ele. Porém, você pode acompanhar o status do envio pelo aplicativo.

E se a venda for internacional?

Vender online seus produtos para outros países é algo completamente possível, pois os Correios também oferecem opções de envios internacionais. No entanto, as regras são um pouco mais rígidas. Veja a seguir algumas informações!

O que não pode ser enviado?

Dentre os itens que não podem ser transportados a outros territórios por meio dos Correios estão: compostos químicos que possam causar explosão, líquidos e sólidos inflamáveis, materiais radioativos, e mais uma série de compostos que podem representar algum risco às pessoas que vão manuseá-los ou às outras encomendas.

Cada país conta com normas e restrições diferentes. Então, antes de fazer a oferta ou envio de um determinado produto, verifique se há alguma restrição no país de destino.

Como devo endereçar?

O endereçamento do pacote deve ser feito da mesma maneira que em uma encomenda nacional. Mas, é importante você atentar aos dados obrigatórios do país de destino e se eles usam o sobrenome antes do nome, por exemplo, para evitar erros simples e falhas de comunicação.

Estabelecer contato com o cliente é importante: como fazer isso?

Depois de ter planejado todo o processo logístico que vai envolver a entrega de seus produtos, é hora de pensar na satisfação do seu cliente e, para isso, nada melhor do que se colocar no lugar dele e pensar em como você gostaria de ser tratado enquanto espera sua encomenda chegar.

Uma certa ansiedade e expectativa é algo normal em alguém que faz um pedido em uma loja virtual, pois a pessoa não teve um contato físico com o produto e não sabe se ele chegará no tamanho, na cor e com todas as características que ele imaginou.

Para começar, é bastante útil que após o envio da encomenda, você forneça ao cliente o código de rastreio dos Correios. Desta forma, ele terá acesso ao status do envio e isso o deixará mais seguro quanto à entrega de seu pedido. Isso pode ser feito manualmente ou de forma automatizada, utilizando softwares de gestão que contemplem esse serviço.

Sendo assim, é muito importante que você, sendo vendedor ou revendedor, se mostre sempre disponível a esclarecer dúvidas e prestar o suporte adequado ao consumidor.

Se a demanda for alta, crie horários de atendimento, para que esses contatos não interfiram em sua vida pessoal e em seus momentos de descanso, e separe alguns momentos do dia para se dedicar a esse tipo de atendimento.

Você pode definir alguns meios de contato como o e-mail, WhatsApp, telefone e inbox do Facebook para atender às dúvidas que surgem. O importante é sempre responder com cordialidade e estar realmente atento ao que o cliente espera da sua loja.

Assim, ter um negócio próprio será muito compensador e você pode ir aperfeiçoando seus processos ao longo do tempo.

O pedido foi entregue, e agora?

Para mostrar que a sua loja não está online apenas para vender produtos, mas sim para oferecer uma excelente experiência de compra aos seus consumidores, é fundamental que você tenha um cuidado especial com o pós-venda e adote estratégias para fidelizar o seu cliente.

Quer saber como você pode fazer isso? Confira as dicas a seguir!

Confirme o recebimento da encomenda

Independentemente do tamanho do seu e-commerce e se você vai fazer isso de maneira manual ou automatizada, é muito importante que você acompanhe a entrega do pedido.

Isso ajuda a evitar qualquer tipo de problema ou reclamações de seus clientes nas redes sociais, que muitas vezes podem ocorrer por falhas de comunicação e prejudicar a reputação da sua loja.

Portanto, quando o status do pedido aparecer como entregue, entre em contato com seu cliente, nem que seja por meio de um e-mail e certifique-se de que o produto foi realmente recebido e se ele está satisfeito com a entrega.

Pergunte se o cliente gostou do produto

No mesmo contato que você fizer para saber se o cliente recebeu o produto, você já pode perguntar se ele gostou do item e se ele estava de acordo com suas expectativas.

Esse é um bom momento para mostrar o quanto sua loja se preocupa com a satisfação do consumidor e também para entender quais são as necessidades dele, o que poderá ser usado por você no futuro.

Registre os feedbacks dados por ele e, mais do que isso, leve-os em consideração para fazer o planejamento de seu negócio.

Faça uma pesquisa de satisfação

Uma forma de medir a satisfação do consumidor com a sua loja e o atendimento prestado por ela é por meio de pesquisas de satisfação. Procure na internet alguns modelos de pesquisa e adapte-os para a realidade do seu e-commerce.

Você pode enviá-la por e-mail após um tempo que o cliente recebeu o produto ou periodicamente, para avaliar quais são as impressões do consumidor referente ao atendimento, carteira de produtos, prazo de entrega, qualidade, preços etc.

Mas lembre-se de usar esses resultados de maneira estratégica, senão não terão validade alguma!

Ofereça produtos que tenham a ver com o perfil do cliente

Seguindo todos os itens anteriores, você pode criar um registro para cada um de seus clientes, colocando as informações de compra e os feedbacks dados por eles. Assim, você entenderá qual é o perfil de cada um e oferecer os produtos que mais têm a ver com ele, evitando saturá-lo com ofertas que não o interessam.

Se você está começando e tem poucos clientes, pode ir fazendo isso pouco a pouco e ganhando confiança com os resultados alcançados. Caso sua demanda aumente, pode separar os consumidores por grupos de perfis e interesses, já que não conseguirá ter o controle individual deles.

Por exemplo, você pode mandar um e-mail marketing com uma oferta especial em produtos de crianças para o seu grupo de clientes composto por pais e mães, já que provavelmente para os outros grupos, esse anúncio teria menor relevância.

Lembre-se de que durante o processo de atendimento e venda, você está lidando com outras pessoas. Então, saber entender as suas necessidades e vender a solução de seu problema por meio de seus produtos é a melhor forma de conquistar a fidelidade de seu consumidor.

Agora que você já aprendeu como funciona a entrega de produtos em uma loja virtual, siga a nossa página no Facebook e fique atento a mais dicas úteis para potencializar suas vendas online!